Parte 3 – Etapa New York

Agora na cidade de Nova Iorque, ganhamos a companhia também de minha mãe!

01

02

03

04

05

Para vocês terem uma ideia, um dia típico da nossa estadia foi pra lá de temperado, com uma rota gastronômica pela cidade. Caminhada na Times Square, almoço só de antepastos na cantina Italiana Rana, que fica na Chelsea Market, um mercado de muitas delícias gourmet. Sobremesa na famosa Carlos Bakery, do querido Cake Boss, e jantar romantico com o maridão no Tailandês Tao, um bar e restaurante Tailandês bem badalado. Amanhã vou ter que correr no Central Park. Rs. Aliás tá na hora de me exercitar. Férias nos EUA são otimas, mas 1 mês é pra acabar com a silhueta de qualquer um. Rs

13

01

02

03

04

05

06

07

09

10

11

12

15

Parte 2

Continuamos nossa trip, agora em Bush Gardens, Tampa!

03 02 01

No dia seguinte, separamos um tempo para curtir a piscina do hotel e caminhar na City Walk, da Universal. Aproveitando para dormir cedo, porque na manhã seguinte seria dia de mais parque…

01

02

03

04

E assim foi: o 19° Dia foi no Universal Studios!

01

02

03

04

05

06

Com direito à continuação no Universal Island of Adventury:

01

02

03

04

Encerramos a “maratona parques” com o lindo Sea World:

01

02

03

04

De Carona com a Aline

Bom, pra quem estava achando que eu ia sumir das redes sociais com as férias, se enganou!Que convidá-los a me acompanhar pelo meu tour com a família pelos EUA. Vamos?

No primeiro dia de estrada em solo americano, quase três horas rodeada de mar por todos os lados, separam Miami do lugar onde certamente você encontra o pôr do sol mais espetacular do mundo, Key West!

01

02

03

04

Calor de 40° na sombra aqui em Key West. Seria insuportável se não tivessemos uma piscina maravilhosa com uma vista paradisíaca ao nosso alcance. Final de tarde, passeio pelo Sunset Pier para ver o pôr do sol, comer uma guacamole fresquinha ao som de músicas latinas que rolam por aqui.

06

08

07

Para encerrar a nossa visita em Key West, não fugimos muito do ritual piscina, caminhada e pôr do sol, porque tirando a paisagem paradisíaca e os vários bares lotados, que não são lá tão recomendados para famílias com crianças, pouco se têm para fazer por aqui. Almojantamos no Hard Rock Café e voltamos para o hotel onde assistimos aos fogos de celebração de 4 de julho de camarote na piscina do hotel.

12

10

11

9

Seis horas de estrada depois, destino: Orlando!

Um reta só que parecia nunca ter fim. Na chegada uma tempestade de dar medo, mas compensou quando chegamos na ala da Pequena Sereia no Disney’s Art of Animation Resort. E para finalizar, jantarzinho delicioso e um bela taça de vinho no T-Rex na Downtown Disney.

01

03

02

No dia seguinte, logo pela manhã, pegamos estrada rumo à Cabo Canaveral para visitar o Kennedy Space Center, local onde são lançados os foguetes da Nasa.
No meio do dia saímos do Parque e Voltamos para Orlando para receber a nossa Amiga e Comadre Aline Leite que chegou o seu filho, o meu querido afilhadinho Luan.
Descansamos um pouco no hotel e fizemos um tour noturno pelas lojas e atrações de Downtown Disney e fechamos a noite com um jantar no Rain Forest.

01

02

03

04

05

06

Epcot Center, uma viagem às culturas do mundo em apenas um dia. Nossa manhã iniciou com um café da manhã especial com as lindas princesas da Disney e foi finalizado com um por do sol estonteante e com a tradicional queima de fogos que deixou o céu de Orlando ainda mais lindo.

01

02

Magic Kingdom

03

04

05

06

Disney Hollywood Studios

Dia de brincar muito na Neve com as várias atrações do filme Frozen, novidade neste parque. Muito lindo!!!

01

02

03

Discovery Cove

Esse parque, na minha opinião, é sem dúvidas o melhor e mais tranquilo de Orlando. Águas transparentes onde é possível mergulhar com arraias gigantescas e peixes coloridos, nadar e brincar com golfinhos. O Discovery Cove é limitado para no máximo 1000 visitantes por dia, portanto, não existe filas para nada. O sistema All Inclusive inclui café da manhã, almoço, lanches, petiscos na piscina, sorvetes e drinks. Imperdível!!!

01

02

04

03

Estão gostando? Ainda não terminou!!!
Para ver muito mais fotos é só clicar na fan page ;)

50/50

Não é surreal essa sensação de que já carimbamos o passaporte para a segunda metade de 2015?!

Agora é oficial, estamos no inverno, mantenham seus corações quentinhos.

01

A semana passada foi de muito trabalho e, como sempre acontece quando nos envolvemos com aquilo que gostamos, cheia de coisas gratificantes. Gente interessante, coisas bonitas e muita conversa boa pra gente compartilhar com vocês nos próximos programas. Podem manter as expectativas lá no alto!

02

03

Estou particularmente animada pela aproximação das férias, e vocês? Não vejo a hora de curtir muito com minha família. Mas não pensem que vamos nos afastar, não, viu… Vocês vão junto comigo, aqui e lá na fanpage, fiquem ligados ;)

Ao Sabor do Amor

A vida pode ser tudo, menos monótona, vocês concordam?

Chega a ser uma desfeita, esnobar o privilégio de estar vivo e fazer da nossa passagem sobre a Terra um momento medíocre. Feliz é aquele que se permite viver de verdade suas emoções, todas elas, as boas, as triste, todas. Fazendo valer a centelha divina de vida que lhe coube, esse presente.

E falando em emoções, essa foi uma semana cheia de paixão no ar! Como foi seu Dia dos Namorados? O meu foi assim:

10

E pra finalizar, uma reflexão. Já parou pra pensar porque às vezes as pessoas são tão críticas a respeito das outras?

“”É que ardo demais na boca de quem não me suporta! Se o seu problema comigo é este, minha solução para você é esta: se apeteça por outros sabores mais fracos e que combine com o seu temperamento sem sal e nem açucar, porquê o meu gênero é outro.

11

Provou e aprovou? Não provou e julgou? Provou e desaprovou? Pra mim tanto faz, porque também não engulo o que não suporto. A garganta trava! Eu quero ver é me provar e aguentar sem reclamar que eu ardo. Sem aperitivo ou bebida pra acompanhar no canto. Me prove pura. Se desce ou não é questão de opinião, afinidade de gostos e sabores. Só adianto no cardápio que insipidades não faz parte do meu temperamento bem temperado. Não sou feita de açucar e nem de sal, pois ambos se derretem e são colocados em pitadas nem tão generosas.
Sou feita de pimenta, pois gosto de deixar marcado o meu gosto inconfundível e arder com força na língua de quem não me aguenta, mas vive me provando e fingindo não sentir nada!”

Não sou uma só

Uma queixa comum do mundo contemporâneo é “voce pensa que eu sou quantas, dez?!”.  Frase normalmente dita em tom de grito, por alguém que se encontra no limite da razão, sufocada por um sem fim de tarefas que atribuem a nós, mulheres, trabalhadoras de jornadas  triplas, sem cartão de ponto. Mas não se confunda por essa situação extrema; ninguém aqui está reclamando! Grande parte desse trabalho todo é fruto de conquistas árduas que começaram séculos atrás, da qual temos muito mais orgulho do que pesar.

IMG_6909

IMG_6912

 Um piscar de olhos e você nos perde. Ou ganha.

E é o orgulho por essa capacidade de nos reinventar tanto e tão rapidamente que eu queria celebrar hoje. Que presente maravilhoso é essa característica do feminino de se adaptar e moldar; extrair do ambiente exatamente aquilo que de melhor ele pode oferecer e ainda transformar em algo além para dar em troca.

Mudamos por dentro e por fora, num bater de asas. Um piscar de olhos e você nos perde. Ou ganha.

A delicadeza dos nossos traços e a aparente (eu disse aparente) fragilidade da nossa força, permite que flutuemos sobre a realidade, nos aproximando e afastando na medida exata do que podemos oferecer no momento oportuno. Ou então nos proteger, na necessidade de recolhimento.

Em geral, nós mulheres não somos mesmo dez no corpo de uma. Somos cem. Quem sabe mil. Cedemos lugar para essas facetas na modulação das horas; com o fluir do vento, de acordo com o volume da música. Se você não sabia, te conto agora: há centenas de nós dentro de cada uma.

E estamos todas de olho.  De olho em vocês.

Tenham cuidado.

Ou não.

O Amor Aquece a Temporada

Com a chegada do mês de junho, e a proximidade do Dia dos Namorados para não deixar ninguém esquecer, a temática amorosa toma conta das conversas em geral.

Se o clima naturalmente convida para um vinhozinho para aquecer noites mais frias, sugestões românticas nos levam a pensar no Amor de várias formas. Por isso nessa semana as gravações do Antenadas enveredaram por várias vertentes desse tema delicioso: amor platônico; romance no trabalho; amor à distância; amor duradouro…

IMG_6815

02

Algué já disse – e a gente assina embaixo: toda maneira de amor vale a pena; toda maneira de amor vale amar. Podem esperar muita coisa bacana nos próximos programas!

Variações Sobre o Mesmo Tema

De quantos batons uma mulher precisa para ser feliz? Não existe resposta correta para essa pergunta. Assim como também não existe resposta errada, até porque a gente não precisa de batom para ser feliz, a gente quer batons, é diferente!

01

Não é difícil abrir a bolsa de uma mulher e encontrar 1, 2, 10 batons e, com a maior naturalidade do mundo, vamos olhar pra você com aquela cara de, “sim, e daí?”. Um amplo sortimento de cores e texturas faz parte do nosso arsenal feminino não só de sedução, como muitos podem pensar erroneamente, mas também de conforto e autoestima.

02

Uma bala de batom carrega em si ativos poderosos de regeneração. Pode ser dos lábios, mas também dos sonhos, dos sentimentos e – dizem – até de corações partidos.

Batom é pra dar cor pra boca e pra bochecha. Além de deixar aquele recado charmoso no espelho, se preciso for.

03

Se eu posso te dar um conselho, lá vai: nunca diga a uma mulher que ela usa batom demais. Meu caro, não perca a oportunidade de ficar calado se for para dizer isso. Ousando ainda mais outro conselho, ouça isso; não perca tempo dizendo ‘dessa cor eu gosto, daquela não’. Elogie logo os lábios que usam o batom, qualquer que seja ela.

Aí, sim. você saberá o que é ter vantagem no jogo do amor, meu amigo. ;)

E só para constar: eu amo batom.

04

Um pouco mais sobre Aline Bergamini

Aline Bergamini

Aline Bergamini, é Jornalista há 11 anos. Logo que se formou, achou que não seguiria a carreira, principalmente porque engravidou e naquele momento decidiu ser mãe.

Ainda na época da faculdade abriu uma loja de artigos eróticos e ganhou experiência no mundo dos negócios, se pós graduou em Gestão de Pessoas e seguiu para Boston nos Estados Unidos para fazer um curso de especialização em Empreendedorísmo.

Logo interessou-se pela area do Comportamento Humano e especializou-se em terapias complementares como Programação Neurolingistuca e Hipnóse e trabalhou com cursos de desenvolvimento pessoal.

Como se tudo isso não bastasse, resolveu encarar uma segunda faculdade e hoje está cursando o quarto ano de Psicologia.
“Uma coisa que eu jamais consegui fazer é ficar fora de uma sala de aula. Eu não sei o que é ter uma vida fora do mundo acadêmico. Eu espero parar um pouco quando terminar esta faculdade, mas já não sei se consigo”, revela.

Mas o mundo artísco sempre esteve nas veias da Jornalista, que também estudou teatro por dois anos e agora acaba de integrar um grupo de teatro musical da cidade de Jundiaí, o grupo Singulari e já ensaia para se apresentar no Polytheama um musical bem conhecido.

E agora, depois de tantos anos, O Jornalismo voltou para a vida de Aline, que integra o quadro de apresentadores da TV Rede Paulista com o programa Antenadas há cinco meses. “Estou adorando, é como se todas as minhas profissões tivessem se unido e estou muito realizada com este trabalho que envolve tudo o que eu gosto: o comportamento, atualidade, assuntos relacionados a sexualidade, dentre muitas outras coisas”.

Dentre seus projetos estão um canal para a internet e o lançamento de seu primeiro livro. Um romance proibido, com certeza polêmico e com muito erotismo. Aguardem!

1