Arquivo da tag: Cities Of Love brasil

Entrevista: Outono

Lucas Nicolai e Andreza Celestino contam um pouco dos bastidores de Outono.

Falar de amor não é tarefa fácil ainda mais quando se faz personagens tão diferentes, mas isso em nenhum momento foi empecilho para Andreza Celestino e Lucas Nicolai, que deram vida a Heitor, Dora, Artur e Eva; ambos personagens de Outono.

 Fale um pouco de seus personagens. Como os construiu?

Lucas Nicolai: No especial, dou vida a dois personagens: Heitor e Arthur.

O Heitor é um rapaz estudioso e apaixonado, e até meio bobo quando está perto da pessoa que gosta. Já Arthur é mais descolado e extrovertido, que não se preocupa muito com as aulas e as provas. Construir Arthur foi mais fácil, até porque ele se parece comigo, daí resolvi agir mais naturalmente em cena. O Heitor foi mais difícil justamente por ter que desconstruir meus jeitos e aquietar-me. Pois ele é uma figura mais recatada, mais para dentro.

 Andreza Celestino: Interpreto, Eva no presente e a Dora no passado. Elas tem características muito diferentes, uma é extrovertida, impulsiva, a outra é recatada, tímida. O meu processo de construção de personagem, parte da pesquisa e da observação, como a Dora é uma personagem de outra época, foi necessário pesquisar costumes dos anos 60, mas depois desconstruí-los um pouco, pelo fato de ela estar a frente do seu tempo.

Quais as diferenças cruciais entre eles?

Andreza Celestino: Dora fala o que pensa, arrisca, já Eva não, ela vai por caminhos conhecidos e seguros, fala pouco e observa muito.

Lucas Nicolai: A preocupação com os estudos mais presente em Heitor. E a extroversão de Arthur.

Heitor é um rapaz estudioso que tem um amor inacabado do passado e que tem a chance de reviver nos dias de hoje. Como você vê o amor entre pessoas que são consideradas da terceira idade?

 Lucas Nicolai: Vejo muita beleza nesse amor que perdura, que vence o tempo. Conheço alguns casais da terceira idade que estão juntos a 40/50 anos e parecem bem em todos os sentidos da relação. É algo admirável, chego até desejar algo assim!

Dora é uma jovem a frente do seu tempo, que vive sem medo. Você acredita que as mulheres ainda sofrem de julgamento pre estabelecidos por uma sociedade ainda masculina?

 Andreza Celestino: Certamente. Isso tem mudado, mas ainda hoje as próprias mulheres julgam umas as outras. Acho que tudo começa na forma como se educa as meninas e o que se cobra das mulheres. Por mais que as coisas tenham mudado, ainda há quem acredite que uma mulher com uma postura fora do esperado, seja imoral e digna de qualquer adjetivo pejorativo, apenas por agir de modo diferenciado.

 Boa parte de “Outono” se passa nos anos 60, quais foram as preocupações em reproduzir trejeitos, postura e linguajar da época?

 Andreza Celestino: Houve trabalho de pesquisas sobre os costumes e uma busca por referências, mas como eu disse Dora é a frente do seu tempo, foi necessário construir e levemente “repaginar”  esses costumes.

 Lucas Nicolai: Houve uma preocupação com a postura e linguajar, mas não tanto em adicionar trejeitos ao Heitor. Eu quis neutralizar meus próprios trejeitos e fazê-lo com uma postura mais limpa. E claro, tanto por causa da época e pelos estudos, Heitor sempre fala corretamente. Tentei me policiar nisso.

 O Amor e a Cidade é uma homenagem aos 360 anos de Jundiaí. Qual é a relação que tem com a cidade?

 Lucas Nicolai: O Amor e a Cidade quis colocar Jundiaí como papel principal, justamente porque são 360 anos de histórias nas vidas das pessoas que vivem aqui. Imagine quantas histórias de amor tem Jundiaí como palco! Eu tive uma, creio você também… Sem a cidade elas não existiriam.

 Andreza Celestino: Eu nasci e cresci nessa cidade! Moro aqui desde que me entendo por gente, eu me construí aqui!

 O que podemos esperar de “Outono”?

Andreza Celestino: Uma historia de amor, daqueles que nunca morre, que resiste as tormentas. É apaixonante ver essas histórias que sobrevivem ao tempo. Não deixem de ver Outono, a partir do dia 05/12 na TV Rede Paulista.

Lucas Nicolai: Outono é uma bela história de amor e com certeza vai divertir e encantar jovens e adultos. Fizemos com carinho, realmente espero que gostem. Não percam, O Amor e a Cidade.

#OAmoreaCidade estreia dia 05/12 às 18h pela TV Rede Paulistacanal 22 da Net, via UHF, CaboJundiaí e pelo site oficial da emissora. Saiba mais em Facebook Home 21 e Instagran.

Elenco: Conheça os interpretes do especial

Atores se unem para homenagear Jundiaí.

Altos, magros, gordinhos ou baixos, atores de todos os tipos estão prestes a dar vida a personagens que se aproximam ao máximo de nossa realidade. Vividos por boa parte de atores jundiaienses, os atores de O Amor e a Cidade, rompem a barreira do padrão pré existente e dão vida a personagens comuns, repleto de dramas e dilemas que os aproximam do amor.

Vindos da Companhia de Teatro Techniatto: Camila Munhoz e João Vitor Trevizan dão vida a Luísa e Arman, dois desconhecidos unidos pela solidariedade, que acabam se envolvendo na trama de “Primavera”. Da Techniatto ainda vieram Natália Carmelo, Stephanie Leite e Willian Cayres, que integram o elenco de “Inverno”, uma história sobre amor ao próximo. Gustavo Vieira complementa o elenco dando vida ao personagem central masculino.

cats1

Em “Meia Estação”, a história central está na disputa de André e Franz pela guarda da pequena Heloísa. Os personagens são vividos por Alex Miguel e Faell Vasconcelos, que já tiveram peças teatrais apresentadas em São Paulo e Campinas. Os dois ainda podem ser vistos nas web séries: O Lar de Todas As Cores e Os Boêmios. Os atores Davi Junior, Willian Cayres e a pequena Laura Alves completam a obra.

cats3

Já Davi Almeida, Leonardo Campos e Viviane Araújo são os personagens centrais de “Verão”, a trama voltada para o publico jovem do especial. A história relata a trama de Edu, que está em busca do amor de sua vida, mas de quem não sabe nem o nome.  Diferente de “Verão”, a história de “Outono” mostra uma história de amor que resistiu ao tempo. Heitor, vivido por Rubens Gimenez, mantêm uma história de amor vivo através de um livro muito especial, que busca todos os anos na Biblioteca Nelson Foot. Lucas Nicolai e Andreza Celestino dão vida a personagens que retratam com detalhes esse amor. Eliane Lucenti, Camila Chinarelli e Cléo Gimenez completam o elenco dessa grande história de amor.

cats4

cats2

Quer mais? Veja em primeira mão o tease do especial =D

Gostou? Então não perca a estréia no dia 05/12 às 18h pela TV Rede Paulista, canal 22 da Net, via UHF, CaboJundiaí e pelo site oficial da emissora. Saiba mais em Facebook Home 21 e Instagran.

Referencias: O amor como ponto de partida

Cinema e histórias reais de Jundiaí foram referências para o desenvolvimento do projeto.

Quando o assunto é “amor” há várias histórias para serem contadas, mas como definir que tipo de amor levar para as telas sempre é a questão. Depois de definido o tema, a equipe de pesquisa de O Amor e a Cidade, recorreu a outros meios de comunicação para idealizar e desenvolver o projeto.

Como referência maior, o cinema com suas inúmeras histórias de amor, teve como ponto de partida o projeto Cities Of Love, idealizado pelo cineasta francês Emmanuel Benbihy, que resultou nos filmes Paris, Eu Te Amo; Nova York, Eu Te Amo e Rio, Eu Te Amo. Assim como nessas obras, a cidade é o ponto forte de todo o projeto.

O Amor e a Cidade ainda se inspirou nas histórias reais de Jundiaí e em seus problemas para criar as tramas do especial. O que terá havido com Maria dos Pacotes, ícone da cidade, que segundo relatos não teve o casamento realizado? E se ela tivesse tido uma segunda chance, de na maturidade, encontrar seu amor do passado? O Amor que supera o tempo, é tema de Outono, uma das histórias que compõe o especial.

Inspirado na realidade, que ninguém quer ver, o projeto criado pela Prefeitura de Jundiaí, de deixar roupas espalhados em pontos estratégicos, para que moradores de rua a utilizassem durante o frio, levou o criador da série a criar uma trama que relata o que podemos fazer por aqueles que não conhecemos e como o amor une todos os seres.

Histórias que podem acontecer com vocês, todos os dias, são a grande essência de O Amor e a Cidade, que estreia dia 05/12 as 18h pela TV Rede Paulista, canal 22 da Net, via UHF, CaboJundiaí e pelo site oficial da emissora. Saiba mais em Facebook Home 21 e Instagran.